Conspiração: Os famosos Boeings de passageiros da Área 51

Compartilhe...Share on Facebook10Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

Essa frota já foi tema em filmes, series e livros. Faz parte também de uma infindável gama de conspirações. Mas a pergunta chave é “O que ela tem de tão especial?”, simples ela leva funcionários a impenetrável Área 51.

 

 

A pequena frota de Boeing 737 nas cores vermelha e branca têm o seu próprio terminal no Aeroporto Internacional McCarran, em Las Vegas.

 

Um dos famosos Boeings de passageiros indo para a Área 51

 

O código de companhia aérea é bloqueado, assim como todos os comissários de bordo devem ter habilitação de segurança de alto nível, e ninguém está autorizado a discutir as suas missões. O único destino que a companhia voa é para área de Segurança Nacional de Nevada, que inclui a infame área 51.

 

A frota é composta de seis aviões de passageiros, mas quem opera a frota é a Força Aérea dos EUA. Essa companhia aérea é comumente referida como “Janet”. Mas fontes dizem que isso apenas significa “Just Another Non Existent Terminal” ou se preferir “Apenas outro terminal inexistente”.

 

Vista aérea da da Área 51

 

Acredita-se que os aviões são usados para transportar militares e empreiteiros a base secreta no nível superior, local também conhecido como Dreamland. A Área 51 é um destacamento remoto da Edwards Air Force Base. Os militares dos EUA a criaram em 1955, mas recusaram-se a admitir sua existência até 2005.

 

Rara foto de perto da misteriosa base

 

Eles ainda se recusam a revelar o que a base é, ou o que faz, mas a maioria dos especialistas acreditam que é usada para testar aeronaves e sistemas de armas experimentais, também conhecidos como “projetos negros”.

No entanto, os caçadores de OVNIs estão mais convencidos que a base contém restos de uma nave alienígena, como a que caiu no chamado Incidente de Roswell.

 

Fonte: Daily Star

 

Curta nossa pagina oficial:

Recomendamos:

Deixe seu Comentário