NASA forçada a responder perguntas depois que filmagem de “OVNIs” atrás de astronauta apareceram

Compartilhe...Share on Facebook384Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

A agência espacial dos Estados Unidos, a NASA, foi forçada a abandonar sua postura, geralmente estranha em relação a alienígenas, depois que surgiu um vídeo mostrando OVNIs passando em uma janela atrás de uma astronauta na Estação Espacial Internacional (ISS).

 

O vídeo, que foi postado em vários sites de ufologia, mostra Samantha Cristoforetti, uma astronauta da Agência Espacial Europeia, demonstrando como operar as persianas da ISS. Mas enquanto conversa com a câmera, vários objetos brancos parecem passar pela janela. O vídeo já tem um certo tempo na rede, mas só agora começou a ganhar repercussão em jornais estrangeiros.

Tyler Glockner do canal de vídeos de OVNIs, SecureTeam10, postou as filmagens, enviadas a ele em 18 de março de 2017. Ele descreveu um dos objetos não identificados como uma “fumegante arma OVNI”.

O canal Secureteam10 se descreve como uma equipe de investigação “underground” que expõe a verdade sobre extraterrestres.

 

 

A NASA, que diz nunca ter encontrado nenhuma evidência de vida alienígena, durante nenhuma de suas missões, geralmente não responde a perguntas desse gênero. Mas, após as últimas alegações, a agência emitiu uma declaração.

Disse: “Nenhum objeto não identificado no sentido popular foi visto da Estação Espacial Internacional.”

“Reflexos nas janelas de estação, a própria estrutura da espaçonave ou luzes comumente da terra, se parecem com artefatos em fotos e vídeos do laboratório em órbita”.

A declaração não agradou ufólogos e teóricos que ainda afirmam que o que se vê na janela são sim objetos voadores não identificados. Pelo visto essa queda de braço entre a agencia norte americana e os caçadores da verdade vai levar mais algum tempo. Mas uma coisa é certa, existem evidencias demais e respostas satisfatórias de menos…

 

Fonte: Tabloide Britânico Express

 

Curta nossa pagina oficial:

Recomendamos:

Deixe seu Comentário