Visualizado 1.800

Conspiração: Marilyn Monroe teria sido assassinada porque sabia que existiam alienígenas?

Compartilhe...Share on Facebook0Share on Google+1Tweet about this on Twitter

Uma nova conspiração afirma que Marilyn Monroe foi assassinada depois de ameaçar contar informações secretas sobre a existência de alienígenas.

 

Apesar de que quase 55 anos se passaram desde que a atriz de 36 anos foi encontrada morta em Los Angeles, muitos mistérios ainda cercam a causa de sua morte.

Enquanto um inquérito de 1962 diz que Marilyn teve uma overdose como causa provável de um suicídio, há muitos que ainda acreditam que a estrela de Hollywood foi assassinada para se encobrir algo.

 

Marilyn e o presidente Kennedy

 

Um novo documentário sobre OVNIs, chamado Unacknowledged,  apresenta a mais recente teoria da conspiração, que sugere que a estrela de Hollywood foi morta pelo governo dos EUA depois de ameaçar revelar informações secretas sobre extraterrestres.

O documentário segue o ufólogo Dr. Steven Greer, enquanto explora, o que ele alega ser uma bem documentada história dos Estados Unidos escondendo evidências de vida alienígena.

O Dr. Greer, que fundou o Centro para o Estudo de Inteligência Extraterrestre, alega que Marilyn tinha tido relações com o presidente Kennedy e seu irmão mais novo, o procurador-geral Robert Kennedy.

 

Triangulo amoroso perigoso, Marilyn e os irmãos Kennedy

 

A teoria surgiu de uma transcrição de um telefonema entre a jornalista investigativa Dorothy Kilgallen,  e um amigo íntimo, enquanto ela falava sobre OVNIs.

O Dr. Greer afirma que Kilgallen fala na chamada sobre Marilyn e Robert Kennedy.

De acordo com a transcrição, que Greer classifica como “um mandado de morte”, quando ambos os irmãos terminaram seus relacionamentos com a atriz, ela queria vingança e “ameaçou fazer uma conferência de imprensa”, alegando que “tinha segredos para contar”.

 

O ufólogo Dr. Steven Greer

 

Greer explica: “Um desses segredos, menciona a visita do Presidente, a uma base aérea secreta, com o objetivo de inspecionar coisas do espaço exterior”.

“A pessoa (Marilyn) repetidamente procurou a Procuradoria-Geral e queixou-se da forma como ela foi ignorada pelo Presidente e seu irmão.”

“E ameaçou fazer uma conferência de imprensa, onde diria tudo.”

Ele acrescenta: “É uma situação trágica porque ela era uma atriz, ela não entendia como funcionava a segurança nacional e a maldade daqueles que querem manter esse tipo de segredo”.

 

Fonte: Cool Interesting Stuff

 

Curta nossa pagina oficial:

Recomendamos:

Deixe seu Comentário