Curiosidades Destaque Mistérios do mundo

10 Segredos sobrenaturais das guerras, que os historiadores não contam

Visto por: 1499 pessoa(s)

Nos anais da história, raramente os historiadores incluem segredos de guerra assustadores. Mais acreditem ou não eles existem e foram documentadas.

 

1 – A cavalaria fantasma

Em 1918, James Wentworth Day partiu em missão com o Cabo Barr para coletar rações, e enquanto viajavam por uma floresta, eles viram cavaleiros alemães em formas espectrais cavalgando através das árvores em direção a um grupo de soldados franceses. Eles preparam suas armas e espadas, mas nenhum ataque aconteceu. Quando Day perguntou a um local sobre a floresta no dia seguinte, o homem disse que o local era onde soldados alemães e franceses mortos sempre se encontravam.

 

2 – Fantasma do irmão

Em um livro de memórias do veterano de guerra canadense, Will Bird, ele lembrou ter sido acordado em uma trincheira pelo fantasma de seu irmão, que havia sido morto dois anos antes. Seu irmão disse: “Pegue o seu equipamento”, e quando ele o seguiu pela trincheira, sua antiga localização foi atingida por uma granada. Seu irmão então desapareceu e ele foi salvo.

 

3 – Os fantasmas de Mons

Durante a Batalha de Mons na Primeira Guerra Mundial, as forças britânicas estavam na fronteira francesa contra a Alemanha. Os soldados britânicos afirmavam que um exército inteiro de soldados espectrais que carregava arcos, estavam atirando suas flechas contra os alemães. Outros afirmavam que viram eram anjos, o estranho é que até mesmo os alemães confirmaram o relato dizendo que viram a mesma coisa do lado deles.

4 – O 5º Regimento Norfolk de Gallipoli

Também conhecidos como os “Sandringham”, essa milícia voluntária empregada pelo rei Eduardo VII, desapareceu sem deixar vestígios, depois de sofrer pesadas perdas em batalha. Nenhum corpo ou prisioneiro foi encontrado. Anos mais tarde, muitos veteranos afirmaram que viram o desaparecimento sobrenatural do regimento, dizendo que era como se uma nuvem viesse e varresse todos do mapa.

 

5 – Operação Cone do Poder

Em 1940, pouco depois de centenas de milhares de soldados britânicos terem escapado por pouco de Dunquerque, um grupo de bruxas na Inglaterra teria se encontrado em uma floresta antiga no meio da noite em 1 de agosto de 1940. Aparentemente, eles lideraram um ataque mágico local, a mente de Adolf Hitler, estabelecendo uma barreira que o impedia de invadir a Inglaterra. Na cerimônia, supostamente levantaram um objeto chamado de cone de poder. Bem, misticismo ou não, Hitler nunca invadiu a Inglaterra.

 

6 – A Caça de Hitler pelo Pé Grande

Em certa época, Hitler financiou uma expedição secreta ao Tibete entre maio de 1938 a agosto de 1939. Por algum tempo, ninguém sabia ao certo o que ele queria, mas uma teoria recente sugeriu que fosse para encontrar o yeti. Adolf Hitler estaria convencido de que o yeti existia, e que ele era o elo secreto que faltava para a raça ariana. Bem, o yeti nunca foi encontrado.

 

7 – Dirigível L-8


O dirigível decolou em 1942 perto da ponte Golden Gate para monitorar os combatentes japoneses, mas nunca cumpriu essa missão. Em vez disso, colidiu com uma casa próxima. Quando investigaram o acidente, os pilotos não foram encontrados em lugar nenhum, e nunca mais foram vistos. Ninguém sabe o que aconteceu com eles.

 

8 – Lança do Destino


Era alegado que o próprio Hitler queria uma certa relíquia antiga, a “Lança do Destino”, ou a lança que perfurou o lado de Cristo durante a sua crucificação. Ele acreditava que a lança lhe daria poder para vencer seus inimigos e governar o mundo. Hitler colocou a mão no objeto, mas aparentemente não o ajudou a conquistar o mundo, talvez por não ser a certa, quem sabe.

 

9 – Avião Fantasma B-17

Em 23 de novembro de 1944, um bombardeiro B-17 pousou em uma base da força aérea britânica em Cortonburg, na Bélgica. Este bombardeiro não estava programado para aterrissar, então surpreendeu o pessoal da base. Quando aterrissou, as hélices continuaram girando e, durante vinte minutos, não houve sinal de atividade humana. Quando a equipe chegou para inspecionar o avião, ninguém estava a bordo. Todos os pára-quedas estavam no avião e nada fora do comum foi encontrado a bordo. Também não se sabe como pousou sozinho.

 

O Desaparecimento do Vôo 19


Em 5 de dezembro de 1945, 14 aviadores do grupo “Flight 19” desapareceram após sua partida de Fort Lauderdale, na Flórida. Ainda para aumentar mais o mistério, todos eles desapareceram enquanto sobrevoavam o Triângulo das Bermudas, os investigadores não conseguiram explicar o desaparecimento. Naturalmente, muitos especularam que a atividade paranormal do local estava envolvida.

 

Fonte: List25

 

 

Gostou? Nos ajude compartilhando em suas redes sociais!

Também estamos no Twitter e Facebook , nos siga por lá!


RECOMENDAMOS...



DEIXE AQUI SUAS OPINIÕES E COMENTÁRIOS...

RELACIONADOS...